Rádio Mensageira da paz

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

PRIMEIRAS APARIÇÕES AO VIDENTE MARCOS TADEU NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ SP BRASIL



 

PRIMEIRAS APARIÇÕES

PRIMEIRA APARIÇÃO: 07 de fevereiro de 1991 - quinta-feira

Na manhã do dia 7 de fevereiro, Marcos Tadeu, menino de 13 anos, tinha ido à cidade para fazer compras, a pedido de sua mãe e, na volta, resolve passar ligeiramente pela Matriz da Imaculada Conceição, situada a uns 4 Km de sua casa. Sente-se impelido a entrar para rezar. Segundo ele mesmo disse, "não sabia nem o que era um Rosário, e a única coisa que sabia rezar era o Pai-Nosso, a Ave-Maria e o Glória. De onde veio a vontade de rezar na Igreja e por que entrei, eu não sei ". Ajoelhou-se e fez uma breve oração. Ao término, foi surpreendido por um fenômeno estranho, que o arrebata e o deixa como que paralisado, fora de si mesmo. Eis suas palavras textuais:

"- Estava ajoelhado terminando o Pai-Nosso, a Ave-Maria e o Glória, que era a única coisa que sabia rezar. De repente, fui terminar a oração com o sinal da cruz, e meu braço foi detido. Olhei para frente, começou a soprar um vento, uma brisa que agitou a minha roupa, e imediatamente vi, por cima do Altar, uma Luz em forma de globo se acender, mais clara que o sol. Senti minha alma arrebatada do mundo, meu corpo não respondia à minha vontade, não conseguia mexer-me, falar, levantar, nem correr. Não vi quem me falava, mas via a Luz tomar todo o Altar. Ouvi uma Voz clara como o timbre de um sino, de mulher, muito doce, muito terna, me dizer:"

"- Meu filho, Meu filho! É preciso santificar-se. A santidade é um caminho difícil, mas... o seu fim é real e glorioso..."

A doçura daquela Voz deixou Marcos extasiado! Era de uma doçura, de uma ternura tão grande, que ele já não sabia se estava vivo, ou sonhando, se estava na terra ou no Céu. Ele quereria ficar ali para sempre a ouvi-La! Tudo se tornara indiferente para ele!
De repente a Luz se apagou, tudo voltou ao normal. Olhou e não viu ninguém na Igreja que pudesse ter-lhe dito aquilo. Ficou pensativo. O que poderia ter sido aquilo? Por via das dúvidas, jura a si mesmo não contar nada a ninguém.
Desconcertado com semelhante visão, Marcos voltou para casa assustado, sem entender nada. O que seria aquela Voz? E aquela Luz, que não tinha igual neste mundo?
Vejamos os acontecimentos que se seguirão.


SEGUNDA APARIÇÃO: 19 de fevereiro de 1991 - terça-feira

Desde aquela primeira vez, uma coisa diferente acontecia com o jovem menino. Sentia-se como que impulsionado, movido a rezar. Era como se algo o inquietasse, mas ao mesmo tempo, envolvia-o uma atmosfera de profunda Paz, nunca experimentada antes. Encontrou um terço, em uma das gavetas da sua casa, e teve um imenso desejo de rezá-lo, embora sem saber direito como fazer, pois só sabia que nele se rezavam Pai-Nossos e Ave-Marias. Eis o alívio tão buscado! Aquela sede se aplacava ao rezar o terço, e experimentava uma Paz e alegria indescritíveis. Desde então, eram terços e mais terços, rezados quase que o dia todo, movido por aquele impulso misterioso.
Era o dia 19 de fevereiro de 1991, terça-feira, quando a Senhora apareceu pela segunda vez. O vidente Marcos Tadeu conta:


"- Eu estava rezando o Terço quando à minha frente, na sala de casa, vi uma Luz fortíssima, mais brilhante que o próprio sol. O espanto tomou-me por completo e novamente fiquei como que ‘fora de mim’. Percebi que era a mesma Luz que eu vira na Igreja, e do fundo da Luz, adiantava-Se a forma de uma pessoa. Veio até perto; podia vê-La nitidamente: era uma Jovem de uns 18 anos, com um vestido levemente cinzento, puxando para o azul, um manto branco como a neve, uma Coroa de Doze Estrelas na Cabeça, uma longa faixa branca atada na cintura. Em suas mãos, havia um terço de contas brilhantes e luminosas. Nunca vi Mulher tão bela como Ela. Docemente fazia sinal para que eu me aproximasse. Não fui, porque estava com medo. Adiantou-Se então. Eu não tinha coragem de dizer nada. Ela sorria, com aqueles olhos azuis inesquecíveis. Então, eu senti coragem de perguntar alguma coisa. Eu perguntei:
"- Quem é a Senhora?"


"- Sim, Meu filho, porque Eu o amo... Mas não quero que venha sozinho; traga aqui também muitos dos Meus filhos que Eu amo..."

"De repente, a Jovem brilhante, sempre sorrindo, começou a aproximar-Se de mim. O meu coração disparou de emoção e sobressalto, quando a figura luminosa Se inclinou sobre mim para abraçar-me! Uma cena inesquecível! Podia sentir até o Seu coração bater."

TERCEIRA APARIÇÃO: A PROVA DA ÁGUA BENTA

Marcos guardou o segredo o mais que pode. Mesmo assim, um dia, incontido, acabou por contar para uma tia e umas pessoas amigas. Elas também já vinham suspeitando alguma coisa, já há algum tempo. Conversando com elas, surgiu uma dúvida: "e se fosse algo do mal?" Aconselhado por algumas pessoas, levou água benta para casa, disposto a aspergir vigorosamente aquela "Jovem luminosa" , se ela voltasse novamente. Decidido, jogaria água benta, e veria se seria algo do bem ou do mal. Em agosto de 1.991, quando ele estava rezando em casa mais uma vez, a Figura Luminosa voltou e parou diante dele. Marcos conta:

"- Eu ainda tive tempo de agarrar o vidro de água benta, e de borrifar Nela dizendo: ‘Se vem de Deus, fique! Se não, vá embora!’
Ela sorriu e me disse:"


"- Meu filho, Eu não sou do mal. Eu vim do Céu!... "

"- A Senhora sorriu, olhou para o Céu, e desapareceu!"

Naquele ano de 1991, a Senhora não fez muitas Aparições. Suas primeiras vindas tinham por objetivo preparar o seu escolhido para coisas maiores em sua missão. Com esta prova da água benta, Marcos ficou tranqüilo em seu coração, se bem que sempre soubesse em seu íntimo que não era o demônio. Contudo, ele permaneceu silencioso aguardando uma nova vinda da ‘Senhora Misteriosa do Céu’.

QUARTA APARIÇÃO: 18 de setembro de 1991

Neste dia de 1991, Marcos havia chegado da escola onde estudava, por volta das 22:30hs, quando ao entrar no portão de sua casa, viu-se surpreendido pela "Senhora Misteriosa", que lhe apareceu,desta vez, toda de branco, inclusive as Mãos e o Rosto, numa intensa Luz brilhante.
Assustado, ficou parado a distância, olhando a Bela Senhora que lhe sorria. Ela permaneceu ali uns 5 minutos, depois desapareceu sem nada dizer. Marcos entrou para sua casa, pensando no que tinha visto. Contudo, seu coração experimentava grande alegria por ter visto mais uma vez a "Jovem do Céu".


QUINTA APARIÇÃO: 24 de dezembro de 1991

Na noite de Natal, enquanto rezava em casa, a Senhora voltou a aparecer a Marcos mais uma vez. Ela pediu que ele se consagrasse ao Imaculado Coração de Maria, levando uma vida austera e de oração. Fez como Ela lhe pediu, e entregou toda a sua vida ao Senhor por meio do Coração Imaculado de Maria. Entre as várias coisas que lhe foram pedidas, destacamos a renúncia à televisão, renúncia ao álcool, às noitadas, às bebidas alcóolicas, a toda a forma de impureza, etc.
Foi o "sim" de Marcos aos planos do Senhor para sempre.
O tempo foi passando... Tanto Marcos, como as pessoas à sua volta que sabiam, ficaram silenciosas pelo fato de a Senhora não ter dito o Seu Nome. Marcos não tinha como dizer se era Nossa Senhora ou não, devido ao fato de a visão não ter dito Seu Nome. Esperava que Ela numa próxima ocasião lhe dissesse; por outro lado, para ele, isso era tudo muito difícil de entender, visto que era completamente ignorante destas coisas relativas a DEUS.


PRIMEIRO GRUPO

Surgiu então o primeiro grupo de oração do Rosário formado já em 8 de setembro de 1991. Mesmo ainda sem saber que era a Virgem Maria que lhe falava, sentia uma moção interior para a oração muito grande. Só mais tarde ele entenderia o que lhe estava acontecendo.
Este grupo de poucas pessoas se reunia aos sábados e domingos, ora em uma casa, ora noutra. Já neste tempo, Marcos conheceu o grande poder e eficácia da oração, mas, também muitos sofrimentos e incompreensões por parte das pessoas que não compreendiam a urgência da oração. Tentava mostrar a todos que Maria era uma Mãe amorosa, cheia de ternura e de bondade. Para muitos, para os que acolheram suas palavras e orações, as Graças foram grandes, e ainda hoje muitos se lembram dele com aquela imagenzinha de Nossa Senhora nas mãos e com o Terço, a entrar nas casas. Sim, Maria entrava nas casas através de duas mãozinhas e um coração desejoso de que todos sentissem aquela Paz que ele sentia. Contudo, para os que rejeitaram e não quiseram ouvir, valem aquelas palavras de Cristo: "Mas, se entrardes numa cidade e não vos receberem, saindo pelas suas praças, dizei: Até o pó que se nos pegou da vossa cidade, sacudimos contra vós; sabei, contudo, que o Reino de DEUS está próximo. Digo-vos: Naqueles dias haverá um tratamento menos rigoroso para Sodoma." (Lc 10,10-12).
Mesmo com as resistências de alguns, ele seguiu em frente sem medo, não desanimou, nem recuou. Foi assim que já em 1991, mesmo sem saber o Nome da Misteriosa Senhora do Céu, já existia um grupo de oração inspirado pelo Espírito Santo, sob o Doce Olhar da Virgem Santíssima.


O DESENROLAR DOS FATOS

Em 1992, Nossa Senhora voltou a se comunicar com seu escolhido, porém poucas vezes. Quando chegava à noite em sua casa, da escola, Ela lhe esperava, e enquanto ele rezava suas últimas orações da noite, deixava-lhe algumas palavras. Aqui estão alguns recados dados por Ela nesse período:

SEXTA APARIÇÃO: 7 de maio de 1992

Depois de cinco meses sem Aparição, no cair da tarde, a Senhora apareceu e disse:

"- Venho pedir orações feitas com Amor. Oração que leve os homens a compreender o Amor..."
SÉTIMA APARIÇÃO: 13 de maio de 1992


Aparição noturna. A Senhora, resplandescente de Luz apareceu e disse:

"- Situe-se

OITAVA APARIÇÃO: 8 de junho de 1992

Mais uma vez a Senhora apareceu ao vidente Marcos Tadeu e disse:

"- Desejo que você Me ame cada vez mais, que Me ofereça cada vez mais seu coração. Ame a DEUS sobre todas as coisas, perdoe sempre e cada vez mais seus ofensores..."

LOCUÇÕES INTERIORES

Durante este meio tempo, Marcos começou a ter não só as Aparições, como também as locuções interiores. Neste ano, ele estudava durante o dia na Escola do SENAI, em São José dos Campos. Um dia, quando estava na sala de aula, pensou consigo mesmo: "Que horas será que são?" De repente, uma Voz interior lhe disse:

"- Dez e vinte!"

"- Não é preciso, não irão chamar você!"

NONA APARIÇÃO: 9 de junho de 1992

A Senhora apareceu de noite, quando Marcos rezava para ir dormir, em sua casa. Ela disse-lhe:

"- Dê-Me cada vez mais seu coração... Diga a Meus filhos que continuem rezando com Amor e Confiança; não percam a Esperança em DEUS!..."

DÉCIMA APARIÇÃO: 10 de junho de 1992

A Senhora apareceu para Marcos, enquanto rezava em sua casa, e disse-lhe:

"- Olhe Meu Coração, cercado de espinhos e dores... Levo no Meu Coração seus sofrimentos, ofereço-os ao Senhor no Meu Coração..."

DÉCIMA PRIMEIRA APARIÇÃO: 11 de junho de 1992


No dia seguinte, à noite, Nossa Senhora voltou a lhe aparecer com o Terço de Luz em Suas Mãos, irradiando um fulgor ainda mais forte que das outras vezes e lhe disse:

"- Continuem rezando o Santo Terço... Ele é a Minha oração predileta, é a corrente com a qual se prenderá satanás, e renovará a face do mundo inteiro!..."

DÉCIMA SEGUNDA APARIÇÃO: 17 de junho de 1992

Aparição noturna. Nossa Senhora apontava com a Mão na direção da Igreja Matriz da Imaculada Conceição, onde apareceu pela primeira vez a Marcos, e em seguida lhe disse:

"- Peço que se amem. Vão à Mesa da Eucaristia para receber o Alimento Eterno!..."

Aparição noturna. Nossa Senhora pegou o Seu Terço Luminoso e disse:

"- O Terço deve ser acompanhado de arrependimento! Que haja contrição no coração..."

DÉCIMA QUARTA APARIÇÃO
JESUS APARECE NA FIGURA DE UM POBRE


Esta Aparição deu-se em um sábado de outubro de 1992, porém, Marcos não sabe precisar o dia, depois de quatro messes sem nenhuma Aparição.
Tendo saído de manhã cedo de sua casa, começou a descer a rua, quando a uns 150 metros depois, viu uma estranha figura sentada na beira da estrada de cabeça baixa. Uma sensação estranha o invadiu, e embora sentisse vontade de não se deter ali e prosseguir caminho, uma força estranha o deteve e o obrigou a esperar.
O desconhecido personagem levantou a cabeça e o olhou fixamente. Seus olhos eram de um azul intenso; o rosto sereno, porém demonstrando muito sofrimento. Sua veste era como um vestido único de alto até embaixo, feito de pano simples e pobre, sem costura nem qualquer outro acréscimo de pano. Sua aparência era a de um pobre viajante cansado e com fome.
O misterioso Homem continuou olhando para Marcos com um olhar tão penetrante, que ele sente as suas pernas amolecerem e dobrarem-se por si.
O jovem Marcos olhou à sua volta para ver se mais alguém das redondezas também estava vendo aquele Homem, mas, qual não foi a sua surpresa, quando o irmão de uma sua colega de classe passa em frente ao Homem sentado e nada vê ou percebe.
O Homem continuou a olhá-lo até que lhe estende a mão como que a pedir algo. Marcos gelou de medo, quando em seguida o personagem desconhecido começou a levantar-SE.
Marcos fechou os olhos com medo e quando os abriu de novo, não viu mais O estranho Senhor que até poucos instantes antes ali estava.
Em seguida, um carro passou e buzinou para Marcos, que meio fora de si, achou-se de novo na rua onde andava até que enxergou a figura desconhecida.
Anos mais tarde, Marcos perguntou a Nossa Senhora quem era Aquela Pessoa desconhecida que ele vira. Nossa Senhora lhe respondeu:


"- Aquele era o Meu Divino Filho Jesus Cristo, que apareceu a você na forma de um pobre para que todos entendam que, quando um pobre bate à porta de suas casas, não se deve nunca desprezá-lo, nem negar-lhe comida, por mais miserável e pobre que pareça... Tudo o que vocês fizerem ao pobre, na verdade, é a Jesus que farão..."

DÉCIMA QUINTA APARIÇÃO: 19 de fevereiro de 1993

Depois de quatro meses sem Aparições, Marcos Tadeu estava com alguns amigos em oração. No meio da oração, a Jovem Senhora do Céu lhe apareceu.
Três vezes Marcos insistiu com a Jovem Senhora para que lhe dissesse Seu Nome. Ela sorriu e nada respondeu.
Na quarta vez, insistiu com mais força. Então, Ela abriu os braços, sorriu e disse:


"- Sou a SENHORA DA PAZ!... Sou a MÃE DE JESUS!..."

Em seguida, acrescentou :

"- Meus filhos, desejo-lhes a Minha Paz!... Rezem! Rezem! Peçam perdão pelos pecadores...
Rezem com o coração! Abram-se a DEUS e ao Seu AMOR!... Vivam felizes e que a Paz encha suas vidas...
Plantem a Paz em vocês mesmos, e difundam aos outros esta Paz... Eu os amo e quero dar-lhes a Minha Paz do Céu!...
Eu os abençôo..."


E desapareceu.
Marcos agora compreendia perfeitamente: a Misteriosa Senhora era a Senhora da Paz, a Mãe de DEUS!
Seu coração explodia de alegria!
Nesse mesmo dia, por volta ds 21:30 hs Ela voltou, enquanto Marcos rezava o Terço em sua casa, e lhe recomendou rezar em Paz e com Amor. Prometeu também voltar dentro de uma semana para lhe falar.


O MILAGRE DAS ROSAS

No sábado seguinte, 27 de fevereiro, Nossa Senhora voltou e disse ao seu escolhido:

"- Rezem e vivam a Paz em seus corações. Plantem-Na em seus corações e vivam com Amor... Quando se sentirem confusos, rezem, peçam a Luz do Espírito Santo, leiam o Evangelho, e tudo ficará claro."

Marcos lhe perguntou se voltaria. Ela respondeu que sim com um gesto, balançando a Cabeça. Ela então lhe pediu que dissesse às pessoas que estava aparecendo, e o que estava pedindo. Marcos manifestou o seu temor, pelo que as pessoas poderiam dizer. Nossa Senhora então lhe disse:

"- Meu filho, daqui a sete dias vá, ao amanhecer, na roseira da sua casa, e você verá um prodígio: ela estará completamente florida, e isto servirá de Sinal para você de que deve confiar em Mim e não ter medo de nada!..."

Marcos fez como Ela lhe disse. Rezou e confiou durante toda a semana. Na sexta-feira, pelas 23:00hs, chegou da escola, e viu a roseira toda sem rosas, devido ao forte temporal que caía. Mas, confiou, entrou para dentro de sua casa, e se pôs a rezar. No dia seguinte, 5 de março de 1993, ao amanhecer, foi correndo até a roseira e deparou-se com a grande surpresa: lindas rosas pendiam graciosamente de seus galhos!
Chamou correndo sua mãe para ver o Sinal. A mãe olhou, mas não entendeu nada. Porém, achou realmente muito estranho, pois, ela molhava a roseira todos os dias, e notou que na véspera, não havia nenhuma flor ali. Como poderiam tantas rosas brotar de uma noite para o dia, tão rapidamente, e ainda com todo aquele temporal na véspera?
Estava claro. Era o Sinal da Virgem!
Marcos contou aos seus familiares e vizinhos o ocorrido até então. Os familiares e os vizinhos não deram muito crédito. Outros começaram a se aproximar e lhe perguntar o que realmente acontecera.
Iniciou-se uma grande discussão em todo o bairro e na cidade. Muitos falavam mal, outros eram favoráveis.
Nossa Senhora começou sua Grande Obra para tentar salvar Seus filhos.
Em 6 de março de 1993, Ela se apresentou mais uma vez, e disse:


"- Meu filho, a partir de hoje, passarei a vir todos os dias, sempre a esta mesma hora(18:30hs). Esteja em oração nesse momento...
Escreva num caderno tudo quanto Eu lhe for manifestando. Saiba que o Meu Coração o elegeu, escolheu para ser o Meu Mensageiro. Anuncie sem medo os Meus Pedidos!...
Não se orgulhe de ser o Meu escolhido, mas... permaneça sempre humilde e sempre fiel..."


Marcos perguntou:

"- Minha Senhora, por que escolheu a mim, que não tenho riquezas, nem nada de especial e nem sou melhor que os outros?"

"- Meu filho, Eu o escolhi porque você não é nada... Não compreendeu ainda que Eu escolhi a sua fraqueza para derrubar a força, e o seu nada para confundir os soberbos?..."

A VISITANTE DO CAIR DA TARDE

Depois que Nossa Senhora fixou o horário diário das Aparições, Marcos A esperava sempre com o Terço ou, na maioria das vezes, com o Rosário. No fim do mesmo, Nossa Senhora Se mostrava, ou por meio de Aparição, ou de Visão interior, para deixar a Sua Mensagem. Interessante notar que Marcos recebeu simultaneamente os dois Dons: o das Aparições e o das Locuções interiores.
Ao término do encontro, registrava num caderno o que lhe era comunicado. Nessas Aparições poucas pessoas estavam presentes. A Visitante do cair da tarde fielmente exortava, a cada dia que passava, à oração, à penitência e ao retorno a DEUS.
Numa dessas Aparições, Nossa Senhora disse:


"- Vocês não conhecem o Espírito Santo! Daqui a alguns dias Eu virei com ELE, e vocês O conhecerão!..."

Tal como o prometido, Nossa Senhora veio e Se pôs a cantar, e Marcos sentiu um FOGO abrasador lhe invadir o peito. Subitamente começou a cantar com Nossa Senhora. As pessoas presentes não entendiam nada, mas ficaram maravilhadas com aquilo que escutavam sair dos lábios do menino pobre e simples.
Enquanto Nossa Senhora cantava, Marcos pôde ver algo como que incenso a se desprender do Corpo de Nossa Senhora e se elevar para o Alto. Então, uma Grande Luz Azul em forma de Pomba brilhou sobre Nossa Senhora, envolvendo todo o Seu Corpo, especialmente o Seu Rosto jovial. Naquele momento, um grande coro de vozes Se uniu à Sua Voz. Marcos disse, depois, que se Nossa Senhora não cessasse de cantar, ele morreria de alegria e êxtase!
Terminado o canto celeste, Nossa Senhora recomendou:

"- Todas as vezes que vocês cantarem assim juntos, o Espírito Santo virá com a mesma Força, e os Anjos do Céu descerão para Se unir a vocês!..."

Desaparecida Nossa Senhora, Marcos demorou a voltar a si, tão arrebatado estava. As pessoas ficaram muito emocionadas com o que acontecera e pediram a Marcos que lhes explicasse o significado daquela Aparição.

COMO É NOSSA SENHORA

É belíssima, radiante, cheia de beleza e Amor. Tem os Cabelos negros como a noite, Rosto suave, sereno, banhado de Luz e doçura. Fala o Português claro. Sua Voz poder-se-ia dizer que é "melodiosa", celestial. Aparenta ter uns 18 anos, aproximadamente. Seu jeito de tratar é muito carinhoso, maternal. Vem com uma Coroa de Doze Estrelas na Cabeça, pequenos pontos azuis luminosos. Seu vestido é de cor cinza azulado e o manto é de uma brancura maior do que a neve. Traz um longo Terço de contas luminosas em Suas Mãos. Seus Olhos são de um azul brilhante, fulgurante. Uma longa faixa branca está atada pela frente sem duplo nó, de duas pontas até em baixo. Pousa no ar, em uma nuvem branca que não toca o chão.
Em algumas ocasiões especiais, como no dia da Imaculada Conceição (8 de dezembro), no aniversário das Aparições (7 de fevereiro), na Anunciação (25 de março), na Assunção (15 de agosto), e no Natal (25 de dezembro), Ela vem toda de dourado, e em raras ocasiões, de azul.
Na Semana Santa, aparece de roxo, como Senhora das Dores. Fala e sorri como nós. Muitas vezes apareceu chorando, até Lágrimas de Sangue, quando falava dos pecados do mundo. Em alguns dias, como no Natal, Ela vem com o Menino Jesus nos Braços, outras vezes, com flores nas Mãos.
De Seu Corpo exala um perfume delicioso, como de rosas, que parece penetrar o mais íntimo da alma. Marcos Tadeu conta que em todas as Aparições ele sente este perfume. O mesmo não acontece quando são Locuções. Quando começou a ver Nosso Senhor Jesus Cristo, ele conta que sentia desprender de Seu Corpo um perfume igualmente maravilhoso, Celestial, porém diferente do de Nossa Senhora, lembrando mais como que o perfume de incenso suavíssimo.
Nossa Senhora aparece na realidade de Seu Corpo Glorioso, ou seja, o Corpo Glorificado na Sua Assunção ao Céu. O vidente relata:
"- Posso tocar na Senhora, abraçá-la, beijá-la, rezar com Ela e fazer-Lhe perguntas. Quando A toco, sinto uma doce corrente atravessar-me o corpo e a alma."
Nosso Senhor também aparece com o Seu Corpo Glorioso, o mesmo com que apareceu aos Seus Apóstolos e Discípulos, depois da Sua Ressurreição. Contudo Marcos conta que nunca tocou em Nosso Senhor.
Enquanto Marcos vê Nossa Senhora, permanece em um estado difícil de definir: parece retirado por alguns momentos de si mesmo, tomado por Aquela Presença. Este estado é definido por alguns como "êxtase".
Outras vezes, quando apenas ouve a Voz, não entra em êxtase, mas fica sempre tomado pela Voz. Algumas vezes ouve a Voz e entra em êxtase. É muito diversa a forma como as coisas acontecem, e nunca depende dele, mas de Quem lhe aparece ou fala. Na maioria das vezes, quando entra em êxtase, perde completamente o contato com a realidade à sua volta, e se vê mergulhado, envolvido naquela Luz que envolve a Aparição. Na realidade, como ele mesmo conta, a Luz sai de Nossa Senhora e de Nosso Senhor, Eles próprios estão na Luz e são a origem desta Luz. Nestes casos, tudo o mais some, e não pode nem ver nem ouvir nada. Outras vezes, apesar de encontrar-se em êxtase, pode ouvir perfeitamente o que está à sua volta, outras vezes, ouve, mas só com um dos ouvidos, como se cada um estivesse em um mundo. De outras ainda, pode ver o que se passa à sua volta, embora de maneira não tão clara, devido à Luz. Já aconteceu também de ouvir sons estranhos à Aparição, mas de origem sobrenatural, como uma vez em que lhe pareceu ouvir uma multidão ruidosa e raivosa a fazer imprecações. Eram demônios que buscavam impedir a transmissão da Mensagem, o que sabemos ser impossível, porém, Nossa Senhora permitia estes acontecimentos raras vezes, para que Marcos Tadeu entendesse o quanto o demônio odeia as Suas Mensagens. Em todas estas vezes, bastava que Nossa Senhora desse um Olhar ou fizesse um gesto para que os demônios saíssem em disparada, e tudo retornasse ao normal. Também é importante salientar que apesar de tudo, Marcos Tadeu não sentia medo ou pavor e nem perdia a Paz, pois sua segurança e Paz provinham de Nossa Senhora que estava ali.
No início, Nossa Senhora aparecia nas casas, nas Capelas, nas Igrejas, etc. Depois começou a aparecer no Monte, perto da casa do vidente, por determinação Dela mesma. Todos os dias, a Senhora radiante de Bondade e Beleza, vem comunicar as Maternas Mensagens do Senhor e nos faz compreender a Sua Ternura.

"Nossa Senhora já cantou vários cânticos. Às vezes, não transmite Mensagens ao mundo; noutras, comunica orientações para a oração, ou para vida dos grupos de oração"
Ele já cantou com Ela os cânticos: Glória a Cristo Jesus no Santíssimo Sacramento; Glória a Jesus, o Nome sobre todo nome.
Ela também canta outras músicas celestes. Já apareceu ajoelhada no Sacrário, em adoração a Jesus, para ensinar os Seus filhos a adorar bem e com profundo Amor a DEUS Sacramentado. Sorri quando está feliz; às vezes mostra-Se séria; de outras, mostra-Se chorando. Disse que veio em Nome do Senhor, para advertir a humanidade de seus erros e chamá-la à conversão.
Sempre, invariavelmente, em todas as Aparições, quando chega, Nossa Senhora saúda ou com:

, conta o vidente Marcos.


"- Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo."

Ou de outras vezes diz:

"- Glória a DEUS e Paz para o mundo."

Portanto, que o leitor saiba que sempre, em todas as Mensagens, antecedem estas saudações, e transcorre algum diálogo pessoal entre Nossa Senhora, Nosso Senhor e o Vidente. Isto sempre ocorre em todas as Aparições, pois como diz Marcos Tadeu, Nossa Senhora é uma Pessoa Viva, e comporta-se como tal, porém, sempre amabilíssima, terníssima, e a Sua delicadeza é sem igual. Muito do que Nossa Senhora conversa com Seu Mensageiro permanece velado aos olhos do mundo. Um dia, porém, algumas partes do que se passa intimamente entre Eles poderá ser revelado.
Nossa Senhora às vezes aparece com Anjos ao Seu lado. Alguns são parecidos com jovens de 18 a 20 anos; outros são como meninos de 5 a 6 anos. Ela Se movimenta como nós, gesticulando suavemente e com delicadeza. Nossa Senhora às vezes reza na Sua língua Materna.


O CARINHO E A BELEZA DE NOSSA SENHORA

Nossa Senhora aparece como uma Mãe muito carinhosa para Marcos Tadeu. Durante os encontros diários, Nossa Senhora o consola, ampara, anima e orienta sobre o que deve fazer. Muitas vezes Ela reza com ele, cantam juntos e conversam. Marcos pode tocar em Nossa Senhora, falar com Ela naturalmente e abraçá-La. Tudo se passa com o máximo amor de que ele é capaz, e com todo o respeito. É a própria Aparição que suscita este amor no seu coração, e a Sua Majestade impõe por Si só o respeito que Lhe é devido.
Ele diz que o que sente quando está vendo Nossa Senhora é indescritível. Ele afirma falar com Ela como um filho com sua mãe. É um diálogo sincero e aberto. Nossa Senhora é extremamente amorosa e delicada. Mesmo quando tem que chamar a atenção, o faz sempre com Seu carinho e ternura incomparáveis.
Nossa Senhora sempre chega de repente, como um relâmpago. Na partida, Ela não vira as costas para Marcos, e vai elevando-Se, até desaparecer por completo. Primeiro desaparece a Cabeça, depois o Corpo, e por último os Pés.
Nossa Senhora nunca grita, nem obriga Marcos Tadeu a fazer nada. Ela sempre o convida com muito Amor e sempre o chama de "Meu anjo", um tratamento muito terno e carinhoso. É importante salientar que as Aparições de Nossa Senhora não limitam nem constrangem a liberdade individual do vidente.
Nossa Senhora não fica parada como uma estátua. Ela sorri, fala e Se mexe como nós, embora com muito mais graciosidade e beleza do que tudo que conhecemos. Sua Voz parece uma doce canção. Marcos diz que é uma Voz doce e fina, suave.
Às vezes Nossa Senhora olha alguma coisa ou objeto presente. Outras vezes olha para algumas pessoas e diz alguma coisa sobre elas para Marcos, embora ele geralmente nunca revele o que foi dito. Quando Nossa Senhora abençoa alguém ou algum objeto, faz vários Sinais da Cruz Luminosos que se desfazem em várias pedrinhas de Luz e que pousam sobre os objetos ou pessoas a serem abençoados.
Outras vezes Nossa Senhora Se mostra triste porque alguma pessoa duvida, blasfema ou faz algum gesto irreverente durante a Aparição.
Nossa Senhora gosta muito quando as pessoas A esperam rezando, com flores ou velas acesas nas mãos. Ela é incrivelmente doce e meiga. Marcos diz que ninguém o ama e compreende tanto como Nossa Senhora. Tão Bela, Atraente e Luminosa que ele desejaria estar com Ela sempre.
Quando é Jesus que aparece, Marcos também sente a mesma Paz, a mesma alegria indescritível, embora acompanhadas de uma sensação de aniquilamento*. Embora pareça que Jesus é severo, não é bem assim. Jesus também é muito Meigo, Terno e cheio de Amor, pois o Amor e a Bondade de Sua Mãe é DELE que procedem. Contudo, é uma Realeza e Magestade muito Grandes que ELE comunica, o que faz Marcos Tadeu sentir esse aniquilamento em Sua Presença. Com os Anjos e Santos é a mesma coisa, embora em menor escala. Já com Nossa Senhora, o que se produz é uma alegria expansiva, acompanhada de certa vivacidade na alma e no corpo.

*

(este aniquilamento de que fala o vidente consiste no reconhecimento do próprio nada, da própria miséria. Isto atinge mais o íntimo da alma, e não atinge tanto o físico, senão como conseqüência deste reconhecimento. Portanto, não é prostração)

Depois da Aparição, Marcos se levanta repleto de Paz e alegria. Não se sente nem frustrado, nem insatisfeito ou mórbido. Pelo contrário, é uma sensação de plenitude que o envolve totalmente.
Em algumas Aparições é possível fazer mais perguntas a Nossa Senhora, em outras, menos. Perguntas capciosas e curiosas não recebem resposta. Se a pergunta não tem em vista a oração e o bem ou a conversão da alma de alguém, Nossa Senhora Se recusa a responder e Marcos abandona a pergunta de lado.
No começo das Aparições Nossa Senhora enviou muitas Mensagens particulares para muitas pessoas através de Marcos. Ele escrevia as Mensagens de Nossa Senhora e lhes entregava depois. Muitas pessoas venceram problemas que pareciam insolúveis através destes conselhos de Nossa Senhora. Outras vezes eram repreensões ou tarefas que Nossa Senhora encarregava a determinadas pessoas.

A FREQÜÊNCIA DAS APARIÇÕES

A primeira manifestação se deu em 7 de fevereiro de 1991, na Igreja Matriz da Imaculada Conceição de Jacareí. Doze dias depois, a 19 de fevereiro de 1991, o jovem vidente, Marcos Tadeu, recebeu a segunda manifestação de Maria Santíssima.
Durante o ano de 1992, ocorreram algumas manifestações esparsas.
O dia 5 de março de 1993, foi o dia do SINAL das ROSAS,(neste dia houve o sinal, mas não teve a Aparição, só no dia seguinte) e desde o dia 6 de março de 1993, as Aparições acontecem todos os dias, sempre à mesma hora, às 18:30 hs. Em Jacareí, já são mais de 2.000 mil Aparições ao longo destes 8 anos.
Há dias em que Nossa Senhora aparece mais de uma vez, como por exemplo, nas quintas-feiras, quando o grupo de oração de Marcos se reúne às 21:00 hs no Monte para rezar o Rosário, terminado pela Aparição de Nossa Senhora, que se dá pelas 22:30hs. Nos sábados há também uma segunda Aparição de Nossa Senhora às 22:30hs, na Capelinha da casa de Marcos Tadeu.
Nas festas de Nossa Senhora, também costuma acontecer mais de uma Aparição por dia. Nos primeiros anos, ocorriam até 4 ou 5 Aparições por dia.
Quando Marcos está viajando, Nossa Senhora lhe aparece na cidade onde está na hora costumada. Se ele está dentro do carro ou do avião, como já aconteceu muitas vezes, Ela lhe aparece normalmente na hora de todos os dias.
Se porém é um Cenáculo em outra cidade, e que inicia à tarde ou no princípio da noite, Nossa Senhora muda a hora da Aparição, avisando o vidente por uma moção, durante o Cenáculo, que chegou a hora. Ele então se ajoelha e A espera com a oração do Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória, repetidas vezes, até que se cala e fixa-se em um ponto à sua frente. A partir daqui, tudo se modifica.
Algumas pessoas admiram-se por Nossa Senhora aparecer tanto em Jacareí, e usam o argumento do excesso de Aparições como base para alegar inautencidade nas mesmas. Realmente, se formos olhar o número extremamente reduzido de Aparições dos tempos remotos, como as 18 Aparições de Lourdes, as 9 de Fátima, incluindo as do Anjo de Portugal, ou a única vez em que Nossa Senhora apareceu em La Salette, nos depararemos com um aumento excepcional do número e intensidade das mesmas, já que em Jacareí, Nossa Senhora já apareceu mais de 2000 vezes, sendo que algumas das Aparições já duraram mais de 4 horas consecutivas.
Porém, se olharmos mais com os olhos espirituais que com os intelectuais, veremos um esforço desmedido de Nossa Mãe do Céu para nos salvar, nesta última etapa da história humana que ainda nos separam da Grande Intervenção DIVINA, para purificar e restaurar a humanidade decaída pelo pecado.
Analisemos: se uma mãe visse seu filho em perigo cem vezes por dia, não iria ela socorrê-lo cem vezes por dia? Será que uma mãe pode ficar indiferente aos sofrimentos de seu filho? Não tentará ela salvar seu filho, custe o que custar, para tê-lo em segurança ao seu lado para sempre?
É isso o que Maria Santíssima, e mesmo Nosso Senhor, fazem atualmente nesta turbulenta região sudeste do Brasil. O AMOR incomensurável dos Dois Sagrados Corações de Jesus e de Maria é que OS traz de novo à terra, e que OS faz permanecerem tanto tempo com os filhos dos homens, a transmitir Mensagens Celestes.
Por outro lado, se olharmos as vidas de alguns Santos que tiveram Aparições, tanto de Jesus como de Maria, durante toda a vida até a morte, não é "um exagero", como muitos pensam. Basta pensar em São Francisco de Assis, Santo Antônio de Pádua, Santa Margarida Maria Alacoque, entre tantos, e que tiveram Aparições durante 30 ou 40 anos consecutivos.
Diante das pessoas que se assustam por estar aparecendo tanto assim, a querida Mãe do Céu explica:


"- Estas Aparições são as últimas para a humanidade. Não só aqui, mas para muitos lugares da terra, concedo Meus Sinais para que voltem ao PAI...
Depois destas Aparições, não voltarei mais a este mundo. O tempo da Graça e da conversão é agora!... Em breve, os SEGREDOS todos se cumprirão, e então a força do Meu inimigo (o demônio) será derrotada..."


Nossa Senhora disse a Marcos:

"- Não se orgulhe de ser o Meu Mensageiro, mas... seja muito humilde, pois esta Graça, você a tem por pura Misericórdia de DEUS... Reze ainda mais e entregue-Me seu coração, pois ele deve ser todo Meu... Eu o amo, anjo Meu!..."

Até hoje foram raríssimas as vezes que Nossa Senhora não apareceu. Quase na maioria das vezes, a freqüência das Aparições foi ininterrupta, com raros intervalos de dois ou três dias apenas.

COMO É UMA APARIÇÃO

Marcos Tadeu está rezando o Rosário com o povo, quando cai de joelhos, diante de uma Luz muito forte que Se acende diante dele, mais clara que o sol. Subitamente, dentro da Luz, aparece Nossa Senhora, vestida de cinza claro, com um véu branco, e com o Terço nas Mãos.
Quando o êxtase é total, como ocorre na maioria das Aparições, todos percebem uma grande mudança em Marcos: seus olhos fixam-se num determinado ponto, acima dele e um pouco à sua frente. O rosto às vezes empalidece, o sorriso se altera, se torna radiante de alegria, os lábios e as faces refletem algo que não é deste mundo. Como ele mesmo diz, não percebe mais nada à sua volta, não sente se alguém lhe toca, ou empurra. Seus olhos se iluminam de algo sobrenatural, não reagem às luzes dos flaches das máquinas fotográficas ou das filmadoras. Algumas pessoas mais próximas viram, várias vezes, Nossa Senhora refletida em seus olhos, movimentando-Se numa Grande Luz.
Numa dessas ocasiões, em 12 de fevereiro de 1998, aniversário de Marcos, muitas pessoas puderam ver Nossa Senhora, São José, e o Anjo da Paz refletidos em seus olhos, com posições e ângulos distintos. Um ateu ali presente, caiu de joelhos e se converteu no mesmo instante, ao colocar sua mão na frente dos olhos de Marcos, tentando ver se era uma luz natural, quando constatou que o reflexo partia dos seus olhos, e não chegavam a ele vindos de fora, tendo portanto como causa uma Luz de origem sobrenatural. Às vezes se vêem lágrimas correndo de seus olhos: Nossa Senhora está chorando diante dele!
Durante a Aparição Marcos fala, mas sua voz não é audível e sua boca não emite qualquer som para as pessoas presentes. Os músculos da garganta se agitam. Em outras ocasiões, quando a Santíssima Virgem quer transmitir ‘de viva voz’ a Sua Mensagem para as pessoas presentes, todos podem ouvir a voz do vidente. Marcos Tadeu conta:


"- Quando Nossa Senhora quer transmitir a Mensagem de viva voz, como nos dias 7 ou em outras ocasiões, acontece uma coisa diferente. Nossa Senhora ou Nosso Senhor me dizem ‘vem’, e começam a falar, e eu, por uma moção interior, consigo falar ao mesmo tempo que ouço, é como se fossem engrenagens sincronizadas, e eu passo a ouvir a minha voz simultaneamente com a DELES, contudo, a minha voz está sob o meu comando, tanto que quando eu deixo de escutar, compreender o que dizem Nosso Senhor Jesus ou Nossa Mãe Santíssima, é como se as engrenagens se desconectassem e cessa a moção, e eu espero Nossa Senhora para recomeçar. Isto só ocorreu raras vezes, quando Nossa Senhora permitiu, como quando vieram demônios a fazer barulhos dudrante a Aparição, visando impedir a transmissão da Mensagem. Logicamente isto é impossível, eles não têm este poder, mas Nossa Senhora permitiu isso para mostrar o quanto os demônios odeiam as Suas Mensagens. Gostaria de dizer que mesmo nestes momentos, nunca nada me tira a Paz. A presença de Nossa Senhora me envolve completamente, e me toma um conhecimento absoluto de que Nossa Senhora sabe e controla tudo quanto se passa."

"- Nunca vi uma expressão tão radiante, e ao mesmo tempo, tão impressionante. Uma mistura de celestial, algo sobrenatural, divino no olhar, cheio de alegria e serenidade. É fantástico!"
Ele pode rezar junto com Nossa Senhora, cantar e fazer-lhe perguntas. Marcos entrega a Nossa Senhora as pessoas presentes e suas necessidades. Nossa Senhora às vezes olha à Sua volta, para algum objeto ou pessoa presente. Outras vezes, Ela reza com as Mãos postas ou acompanha o vidente na oração do Terço, passando as contas entre Seus Dedos, movendo os Lábios apenas no Pai-Nosso e no Glória ao Pai.
Após dar Sua Mensagem, Nossa Senhora reza um Pai-Nosso ou um Glória ao Pai com Marcos, abençoa as pessoas ou objetos presentes, estendendo as Mãos sobre eles. Conversa mais alguma coisa com ele, dá orientações para a oração pessoal. No fim da Aparição Ela o abençoa, isto em todas as Aparições, deixando cair de Suas Mãos, ao término desta oração, como que pequenas pedrinhas luminosas sobre sua cabeça, Se despede, e começa a desaparecer, subindo e deixando atrás de Si um rastro luminoso.
Marcos faz o Sinal da Cruz, se levanta e transmite os recados dados, ou escreve a Mensagem dada na Aparição.
Isso ocorre todos os dias, e até agora já são mais de 2.000 Aparições, todos os dias, sempre à mesma hora, salvo raras exceções, dispostas pela própria Nossa Senhora.


APARIÇÕES NO MONTE

Nossa Senhora avisou que começaria a aparecer no Monte, próximo à casa de Marcos, em meados de 1993. No primeiro dia, a notícia atraiu muita gente ao local, de difícil acesso e, sobretudo, ermo e deserto, naquele tempo.
Das primeiras Aparições no Monte, relataremos o que se passou no dia 2 de outubro de 1993, Festa dos Anjos da Guarda:
Marcos Tadeu relata:


"- Eu ia subindo na frente, rezando o Rosário em voz alta, seguido por muitas pessoas. A subida era íngreme, a respiração tornava-se ofegante ao longo da encosta elevada.
Em seguida, ouvimos um ruído estranho, como de muitas vozes confusas, em outras palavras, uma pequena multidão rumorosa e agitada. Olhamos para ver, e notamos que de um canto à parte, se aproximava um grupo de pessoas, que não podíamos ver direito quem eram, porque já estava escuro, eles gritavam alto e confusamente. Entendemos que eram protestantes, pois as palavras que gritavam eram semelhantes ao que ouvimos em suas reuniões por aí.
Chegados ao lugar da Aparição, começamos a rezar juntos, esperando Nossa Senhora que veio, naquele dia, acompanhada de São Rafael Arcanjo e do meu Anjo da Guarda.
Estávamos rezando o Rosário e eles, os protestantes, puseram-se a gritar ainda mais alto. Eles permaneciam a uma certa distância, próximos do grupo. Começaram a falar algumas blasfêmias em voz alta. Em seguida, enfureceram-se contra nós, ao ver que não parávamos com a oração, e atiraram pedras em nossa direção. Alguns do grupo foram acertados, embora, não de forma grave. Pedi que não nos rebaixássemos, respondendo da mesma forma.
De repente, Nossa Senhora apareceu e, com o Dedo, apontou para o céu, mandando que todos olhassem para a lua. O céu estava encoberto, mas, de repente, abriu-se completamente e deixou ver a lua. Estava cheia, duas vezes maior que o normal, e se aproximava da terra!
Muita gente não sabia o que fazer. Enquanto a lua se aproximava da terra, ela tomou uma coloração vermelha, como se fosse feita de sangue. Aproximou-se a um tal ponto, que chegou a tomar praticamente o céu inteiro, e continuava a vir, parecia que a lua iria chocar-se com a terra! Uns choravam de medo, outros rezavam. Os protestantes se puseram numa fuga descontrolada morro abaixo deixando cair tudo o que tinham nas mãos.
Nossa Senhora havia dado aquele Sinal para que todos cressem em Sua Presença e em Sua Mensagem.
Aqueles que ainda ficaram, olharam para mim apavorados, com medo. Perguntei a Nossa Senhora se nós iríamos morrer naquele momento, pois a lua ficava cada vez maior e mais próxima de nós. Nossa Senhora me respondeu que não e, em seguida, apontou de novo para o céu, e a lua voltou ao seu lugar normal.
Todos ficaram muito emocionados e, sobretudo, muito impressionados com o que viram.
Ainda em êxtase eu caminhava de joelhos sobre as pedras cortantes que lá havia, e beijava várias vezes a terra a pedido de Nossa Senhora, como sacrifício para converter os pecadores.
Depois da Aparição, alguns presentes quiseram ver meus joelhos, pois havia caído com eles, no início da Aparição, sobre uma pedra pontuda. Eu mostrei, mas, não havia nem sinal de sangramento, corte ou lesão.
Nossa Senhora deu a Mensagem e, em seguida, falou São Rafael e o Meu Anjo da Guarda. A Aparição deve ter durado meia hora ou mais. Depois, Nossa Senhora e os Anjos desapareceram.
Nós nos comprometemos a amar ainda mais nossa Mãe do Céu, desprezada pelos homens. Isabel estava cheia do Espírito Santo quando disse:
Descemos e voltamos para casa diferentes, mudados, em Paz e muito felizes.
Havia pessoas presentes que há muito tempo não pisavam na Igreja. Naquele dia, dobraram seus joelhos, acreditaram e voltaram. Foi maravilhoso."


As Aparições no Monte ainda continuam até o dia de hoje, nas quintas-feiras, às 22:30 hs. Podem ocorrer também em outros dias, dependendo da vontade de Nossa Senhora. Muitas vezes Ela diz: ‘Amanhã estarei no Monte a tal hora’ e lá se dá a Aparição.
Contudo, independentemente de haver a Aparição ou não, há um grupo de pessoas que sobe todas as noites às 21:00 hs para rezar o Rosário de Nossa Senhora. Este grupo reza pelas Intenções de Nossa Senhora, pela Paz do mundo, pela conversão dos pecadores, pelo Santo Padre, o Papa João Paulo II, etc. É um clima de Paz e de serenidade que lá se respira. Nestes dias qualquer pessoa pode participar, desde que venha com o espírito de oração.
Depois que Nossa Senhora aparece e dá Sua Mensagem, todos descem para suas casas e, no dia seguinte, recomeça a faina diária que termina com mais um encontro com a Mãe de DEUS ao cair da tarde.
É durante estas orações noturnas no Monte que, muitas vezes, o povo viu sinais sobrenaturais nas estrelas, no céu e nas nuvens.


A FORMAÇÃO DO SEGUNDO GRUPO

Por meio de Marcos, Nossa Senhora começou a formar um segundo grupo de oração, em fins de agosto de 1993. Seria destinado para pessoas que buscassem uma vida de oração mais profunda. Os jovens, principalmente, foram convidados, mas pessoas de todas as idades participam dele. Através de Marcos Tadeu, Nossa Senhora deu as seguintes regras:
"converter-se verdadeiramente; rezar o Rosário; jejuar a pão e água às quartas e sextas-feiras; comungar todos os domingos e dias de semana que puder estando, é claro, em estado de Graça; ler o Evangelho todos os dias e procurar compreendê-Lo; abandonar o medo nas provações, as vaidades, os diversos prazeres através dos quais, Satã oferece a perdição eterna; abandonar clubes, discotecas, noitadas e bebedeiras; renunciar à prostituição, às drogas." Nossa Senhora disse:


"- Se fizerem isso, o demônio nada poderá fazer-lhes! Encherei de Graças quem obedecer aos Projetos que Meu Filho mandou-Me trazer, e os guardarei para o Céu..."

Houveram calúnias e aversões da parte de pessoas pouco e também muito religiosas, e até de membros do clero.
Jesus já advertia no Evangelho: "Se ME perseguiram, também perseguirão a vós." E motivava Seus Discípulos com a bem-aventurança:"Felizes de vós, quando vos perseguirem e maltratarem por causa de MIM. Alegrai-vos, porque grande será vossa recompensa no Reino do Céu."
Assim como Jesus foi perseguido, caluniado e injustamente condenado, assim também Nossa Senhora e os Seus amados filhos são desprezados, mas... "os mansos possuirão a terra!"
Este grupo inicialmente se reunia nas casas dos integrantes ou em outras casas de pessoas que lhes pediam que lá fossem para orar. Depois, no Monte das Aparições, no silêncio e no recolhimento da noite. Outras vezes, em sábados e domingos à tarde, no Monte ou nas casas; na Capelinha das Aparições da casa de Marcos Tadeu, ou em outros lugares. Muitas vezes, rezavam de dois em dois nas casas, fora de horários do grupo. Reuniam-se no princípio aos sábados e domingos. Depois, passaram a ser mais dias por semana.
Nossa Senhora deu uma espécie de regra para aqueles que quisessem fazer parte deste grupo de oração como Seus consagrados. Eis o que Ela disse:


REGRA PARA OS MEMBROS DO GRUPO DE ORAÇÃO
DA RAINHA E MENSAGEIRA DA PAZ, E DEVERES DOS CONSAGRADOS
AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA


- Rezar o Rosário todos os dias.
- Rezar 7 Terços aos sábados, em reparação ao Imaculado Coração de Maria e em honra às Suas Sete Dores.
- Comungar nas 1 ª sextas-feiras e no 1 º sábado de cada mês.
- Confessar-se uma vez por mês.
- Comungar aos domingos e se possível nos dias de semana.
- Jejuar a pão e água nas Quartas e Sextas-feiras.*
- Fazer uma visita a Jesus no Santíssimo Sacramento, no Sacrário, às quintas-feiras e sábados e ler todas as quintas-feiras Mateus 6,24-34.
- Operar a caridade.
- Imitar as Minhas virtudes, sendo cada vez mais semelhantes a Mim na humildade, paciência, Amor, fidelidade, obediência, bondade, caridade e Fé. Deverão abandonar o cigarro, as palavras desonestas e os vícios.
- Devem procurar falar, transmitir as Minhas Mensagens, para as pessoas que ainda não conhecem os Meus Pedidos. Viver o Evangelho do Meu Divino Filho Jesus Cristo. Devem renunciar aos programas de televisão, cinemas, noitadas e bebidas.
- Devem ter vida de oração intensa, sendo exemplo de amor para os homens. Procurem não participar de divertimentos perigosos e maldosos.
- Rezar pelo menos 3 horas por dia.

"- Parem de cantar e comecem de novo."

Então, paramos de cantar e recomeçamos novamente, e assim foi-se sucedendo por várias vezes e, a cada vez, Nossa Senhora tornava a aparecer e fazia o mesmo pedido. Como isto ocorria sucessivamente, eu, sem entender, perguntei à Senhora por que nos mandava parar e começar tantas vezes de novo? Então, Ela nos disse:

"- Enquanto vocês não rezarem com o coração, será apenas grito e barulho, e isto afasta Jesus!...
Vocês devem fazer alguns minutos de silêncio, pondo-se na presença de DEUS. Depois, comecem a cantar serenamente na presença DELE, deixando cada palavra da música e da oração sair do coração aberto. Assim, ELE ficará contente!..."

Fizemos como Nossa Senhora pediu e então Ela voltou e nos disse:

"- Agora sim, vocês podem continuar!..."

Ficamos muito contentes porque pela primeira vez na vida sentimos DEUS Vivo, presente em nós. Era uma presença deliciosa, muito forte, abrasadora, mais forte do que nós! E tudo isso, graças à Nossa Mãe do Céu que nos ensinou a rezar!"

PERSEGUIÇÕES

Com o espalhar-se das notícias das Aparições, muita gente foi chegando de muitos lugares. Muitas Graças aconteciam, mas também chegaram as duras perseguições e dificuldades.
Jesus disse: "Quem não toma sua Cruz e não ME segue, não é digno de MIM."(Mt 10,38) Com Marcos, não foi diferente!
Um dia, uma tropa de rapazes se unem a um velho da localidade para "linxar" Marcos Tadeu. Eles o esperavam numa rua escura, por onde ele provavelmente deveria passar na volta para casa, depois das orações. Marcos sabia muito bem disso, pois uma pessoa lhe havia dito na véspera que ouvira esse comentário correr. Mas, foi rezar sereno nas casas aquela noite e, na volta, perguntou em seu coração a Nossa Senhora por onde Ela queria que ele voltasse para casa. Seguindo uma inspiração interior, tomou um caminho diferente e, naquele dia, os agressores esperaram em vão...
Mas, não se deram por vencidos. As pedras no telhado de sua casa continuaram ainda. Um dia, Marcos estava sozinho em casa, quando um homem estranho chegou diante da casa e ficou olhando atentamente. Quando o homem veio na direção da porta, Marcos escapou pelo fundo, passando por debaixo das cercas; correu pelo meio do mato e subiu para o Monte das Aparições. O homem corria também morro a cima. Cansado de correr, Marcos se escondeu num tufo de mato, e o homem continuou correndo para alcançá-lo. Quando conseguiu despistar o homem, desceu. Aquele homem tinha ido atrás dele com "más intenções", ou seja, matá-lo! (isto ficou claro para ele mais tarde, devido a outros fatos de oredem sobrenatural que se sucederam)
Também devemos levar em consideração os gracejos e zombarias que se faziam nas ruas a respeito das Aparições. As fofocas e maledicências se faziam contra Marcos Tadeu em toda parte onde ele ia... Longa via-Sacra!
Como se isso não bastasse, várias vezes durante o Grande Cenáculo* no Monte das Aparições, homens armados estavam à espreita de Marcos Tadeu, chegando inclusive a perguntar por onde ele subiria, a que horas, etc. Como não conseguiram pegá-lo na subida, procuraram uma ocasião durante o Cenáculo. Houve alguns momentos em que faltou energia elétrica, ficando tudo numa grande escuridão. Eles aproveitaram para se aproximar de onde estava o vidente Marcos, porém, todos rezavam muito alto e a luz voltou em seguida. Imediatamente, Marcos recebeu a revelação de onde estes homens estavam, como estavam vestidos, bem como traços fisionômicos claros. Descobertos pelo poder de DEUS, não tiveram como agir, e só lhes restou fugir apressadamente do local, o que foi visto por diversas pessoas.
* Posteriormente se falará dos grandes Cenáculos, pedidos por Nossa Senhora e Nosso Senhor, nos dias 7 de cada mês, e que atraíam milhares de peregrinos.
Mesmo assim, não se deram por vencidos! Voltaram mais outras duas vezes para realizar seu macabro intento. Porém, outras duas vezes foram descobertos e rechaçados por DEUS.
A própria Virgem revelou a Marcos Tadeu que existem ‘forças secretas’ que desejam eliminá-lo. Contudo, Ela lhe disse para ter Fé e confiança, rezar muito e continuar sempre em frente, que Ela o protegerá.
Começaram então os telefonemas anônimos para a casa de Marcos Tadeu, ameaçando-o de morte se não parasse com aquelas orações e Mensagens. A voz era camuflada no telefone, de modo a impossobilitar qualquer tentativa de reconhecimento. Isto continuou por muito tempo.
Certa vez, três moços chegaram à casa de Marcos Tadeu, debaixo de um grande temporal. Vinham, segundo eles, de Minas Gerais. Marcos os recebeu e lhes havia dado uma toalha para se secarem e um café quente. Perguntou-lhes quem eram, de onde vinham. Os moços só responderam que eram protestantes e, subitamente se alteraram e começaram a gritar e a ameaçá-lo rogando-lhe pragas, e estavam já a ponto de agir com violência. Como ele estivesse sozinho em casa, não tinha como pedir ajuda a ninguém. Felizmente, os três saíram por si mesmos correndo para fora aos gritos, no meio do temporal, como se tivessem sido espantados por alguma coisa. Marcos Tadeu nunca soube o que os espantou, mas, com certeza, deve ter sido a Rainha do Céu que o defendeu naquela hora daqueles três emissários do mal.
Depois de tudo isso, havia ainda as provocações e calúnias do padre da paróquia local, à qual pertencia o vidente, o padre J.C.. Toda a missa era o mesmo martírio: zombarias, calúnias e insultos. Algumas pessoas mais próximas do grupo de oração, na sua inocência, o que mais tarde se revelaria uma imprudência, insistiram com Marcos Tadeu, até que ele foi conversar com aquele padre, que escutou tudo, mas, não acreditou. Depois, começou a falar na Igreja contra as Aparições de Nossa Senhora em Jacareí, contra a oração do Rosário e o grupo de oração do vidente. Chegou a negar a Comunhão e a Confissão ao grupo e ao vidente em público, uma vez, durante o sermão de uma Missa, exigindo que se retirassem da ‘sua’ Igreja, expondo Nossa Senhora, o vidente e todos os Seus filhos a uma situação de ridicularização e deboche públicos. A partir de então, o vidente e alguns do grupo de oração se retiraram para outra paróquia, para poder participar da Santa Missa e demais Sacramentos.
Algumas vezes, Marcos Tadeu recebeu cartas contendo ameaças e insultos. De outro lado, os protestantes viviam cercando-o nas ruas para agredi-lo ou insultá-lo.
Por várias vezes, tanto os protestantes como os espíritas foram ao Monte das Aparições, a fim de profaná-lo. Algumas vezes foi possível detê-los, outras vezes não, devido ao fato de terem ido na calada da noite, quando todos já tinham descido. Eles não respeitavam nada: nem DEUS, nem a Santíssima Virgem Maria, nem a propriedade particular. Jogavam sal em todos os Altares e Imagens e tencinovam quebrá-las. A maioria era da Igreja Universal ou de outros seguimentos protestantes, sendo que estes fatos foram noticiados até no Jornal local.
Por duas vezes, a primitiva Cruz que marcava o local das Aparições foi quebrada. Na última, tentaram pôr fogo, mas, por milagre, ela não queimou, embora a grama em volta tenha ficado toda em cinzas. Logo em seguida, foi reposta no seu lugar habitual.
Outras vezes eram os vizinhos do vidente que reclamavam das orações, das coisas que os peregrinos deixavam cair na rua, etc. Fora isso tudo, sempre o terrível problema de ter o seu nome denegrido e caluniado em jornais públicos, canais de televisão, reuniões de movimentos da Igreja e outros. Muitos ‘amigos’ sumiram na hora destes acontecimentos, não se importando nem um pouco.
A população da cidade falava mal e rejeitava os acontecimentos das Aparições. Como outrora em Belém, quando o povo daquele lugar não quis aceitar o Salvador e a Virgem Santíssima que chegavam entre eles, assim também em Jacareí, não quiseram receber os Dois Sagrados Corações de Jesus e de Maria. Outras perseguições ainda continuam acontecendo por isso é preciso rezar muitos Rosários pelo Santuário das Aparições de Jacareí para que os maus não triunfem com as maldades que fazem contra Ele.

OS SEGREDOS

Além das Mensagens, Nossa Senhora prometeu confiar ao vidente Marcos Tadeu TREZE SEGREDOS.
Até maio de 2000, data desta impressão, Nossa Senhora revelou doze, dos Treze Segredos. Disse que quando revelar todos, não virá mais todos os dias, como faz agora, mas, uma vez por ano, no aniversário das Aparições, em 7 de fevereiro, ou no dia do seu aniversário, 12 de fevereiro, até o final da vida de Marcos Tadeu. Quem determinará a data é a Divina Vontade.
Os Segredos referem-se a acontecimentos que alcançarão a toda a humanidade. Marcos não poderá revelar jamais o conteúdo dos Segredos sem a permissão de Nossa Senhora. Ao ser perguntado, Marcos apenas responde que são bons para uns e maus para outros.
Do quanto se pode falar, Nossa Senhora permitiu ao vidente adiantar aproximadamente o que serão, mas nada a respeito da forma como ocorrerão. Nossa Senhora falou que os três primeiros Segredos são avisos para a humanidade.
O Primeiro e o Segundo Segredos são avisos para a humanidade, a fim de que se converta e volte para DEUS. O Terceiro Segredo refere-se a um GRANDE SINAL que a Virgem dará ao mundo inteiro, e que todos O verão e acreditarão que DEUS existe, contudo, já será tarde demais para a conversão de muitos. Este SINAL será de tal modo MILAGROSO, INEXPLICÁVEL E INDESTRUTÍVEL, que até o coração mais duro não poderá resistir em acreditar que veio de DEUS. Contudo, não mais se converterão, um vazio insuportável invadirá as almas destas pessoas, quando ‘arrancarão os cabelos da sua cabeça, e amaldiçoarão a sua vida levada sem DEUS’, disse Nossa Senhora, mas, já será tarde.
Ficará um SINAL permanente, indestrutível e claro deste GRANDE MILAGRE em muitos locais em que a Santíssima Virgem verdadeiramente apareceu. Em alguns locais ele será palpável, em outros não.
Quanto aos outros Segredos, serão Castigos que sobrevirão à humanidade, logo após o GRANDE SINAL, caso esta não se converta a ELE. Portanto, a humanidade tem até o surgimento do SINAL para se converter. Aqueles que não se converterem até ele, não conseguirão mais se converter, e terão de enfrentar os Castigos devidos aos próprios pecados. Os piores são o quarto, o nono, o décimo e o décimo-primeiro.
Alguns Segredos também se referem a coisas boas. O quinto se refere somente à vida de Marcos Tadeu, e jamais deverá ser revelado a ninguém. Portanto, ficam Doze Segredos a serem revelados à humanidade.
Será que algum se refere à Igreja, ao Brasil, ao Estado de São Paulo ou à cidade de Jacareí? Não sabemos, pois até agora, Marcos Tadeu não revela nem dá mais nenhuma pista sobre a que se referem.

Depois que se realizarem todos os Segredos preditos, a força de satanás será destruída, com o seu aniquilamento no inferno, e virá ao mundo o Triunfo do Imaculado Coração de Maria, profetizado desde Fátima, e amplamente confirmado em Jacareí.
As pessoas que irão viver neste Tempo de Paz e Santidade que virá o mundo, com o Triunfo do Imaculado Coração de Maria, serão aquelas que agora, hoje, se converterem e puserem em prática as Mensagens da Santíssima Virgem e do Sagrado Coração de Jesus. Segundo a Santíssima Virgem, menos de 1/3 da humanidade se salvará, porque o pecado do mundo é muito grande e muito poucos se convertem. Por isso, temos que rezar incessantemente pela conversão dos pecadores e pela salvação das almas do mundo inteiro, pois, só assim, poderemos estar contribuindo para que a Misericórdia de DEUS toque o maior número de almas possível.

A Santíssima Virgem diz que o tempo que resta para a realização dos Segredos é muito curto e, em breve, eles deverão se verificar. Por isso, o tempo de Graça é agora e, aqueles que não o aproveitarem para a sua conversão, não a conseguirão mais.

APARIÇÃO ANUAL

Como foi dito acima, desde março de 1993, Nossa Senhora disse a Marcos que, depois que lhe revelar o Décimo-terceiro Segredo, não lhe aparecerá mais todos os dias, como faz até agora. Ela passará a lhe aparecer então uma vez por ano, até o fim de sua vida, no dia 7 de fevereiro de cada ano (que é o aniversário da Primeira Aparição) ou, conforme a situação, no dia 12 de fevereiro (que é o dia do aniversário natalício de Marcos).
Portanto, quem espera uma declaração da Igreja para visitar, crer e pôr em prática o que diz Nossa Senhora em Jacareí, nunca praticará a Mensagem, visto que a Norma da conduta da Igreja nestes casos é esperar que terminem as Aparições para emitir, depois de muitos anos ainda, o seu parecer. E conforme diz Nossa Senhora, tempo é o que nós não temos mais. O tempo da conversão é agora. O prazo para a conversão do mundo está acabando. E como sabemos, Marcos acabou de completar seus 23 anos agora no ano 2000. Portanto, se ele viver mais 30 ou 40 anos, as Aparições durarão por mais 40 anos, uma vez por ano.
Muito contráriamente a alguns que torcem para que acabem logo as Aparições de Jacareí, elas durarão ainda por muito tempo. Talvez alguns morrerão antes ainda que elas acabem.
Por que Nossa Senhora e Nosso Senhor permanecem tanto tempo em Jacareí?
A própria Mãe de DEUS é que dá a resposta:

"-Para isso vim e para isso estou aqui... Para conduzir todos vocês à perfeição. Entendam que a finalidade da Minha Vinda a Jacareí não é apenas dar Mensagens, mas elevar as almas que de Mim se aproximarem a uma perfeição muito grande na vida espiritual..." (12/01/2000)

Que consolo para os nossos corações saber que Nossa Senhora ainda ficará por algum tempo conosco, ainda que uma vez por ano, e não nos deixará sozinhos!
Um outro detalhe que convém relembrar é o fato de Nossa Senhora ter prometido a Marcos que estará ao seu lado na hora da sua morte.
Embora as Aparições sejam misteriosas, não se pode deixar de ressaltar que o fato de muitas coisas serem reservadas somente ao Segredo, nos deixa cheios de confiança e esperança de que DEUS já tem tudo planejado em SEUS Desígnios Impenetráveis, e que não somos nós que O escolhemos, mas, ELE que nos escolhe!
Graças a essas Promessas Portentosas de Nossa Senhora, é possível derrubar muitas controvérsias e mentiras espalhadas sobre o término das Aparições de Nossa Senhora em Jacareí, e preservar a Verdade conhecida como tal.

VISÃO DO CÉU, PURGATÓRIO E INFERNO

Dia 18 de julho de 1993

O vidente Marcos Tadeu nos relata: "- Eu estava na casa de uma vidente de Minas Gerais, e rezávamos em uma das salas de sua casa. Haviam três pessoas conosco: sua mãe, a minha tia Rosária e uma moça. No meio da oração, Nossa Senhora apareceu e disse:

"- Vou levá-los Comigo para verem o Céu, o inferno e o purgatório."
O Céu brilha mais do que o núcleo do sol... para todas as direções a que olhávamos, era luz, apenas luz, luz sobrenatural, que provoca impressões e efeitos no mais íntimo do coração e da alma. A vista desta luz como que enche e sacia, plenifica a alma, a ponto de não se conseguir desejar mais nada, sente-se que se possui muito mais do que se poderia sonhar em poder desejar.
Vimos os Anjos, que pareciam transparentes como cristal. Vestiam-se de branco; de vermelho-claro; de creme e de dourado. Seus cabelos brilhavam mais do que o ouro atravessado pelo sol. Seus rostos eram brilhantes como o relâmpago. Cantavam hinos maravilhosos, lindíssimos, jamais vistos e nem conhecidos na face da terra... Voavam de um lado para o outro, e quando encontravam-se, pareciam transparentes, deixando ver os que passavam por trás uns dos outros. Alguns carregavam flores brancas, outros, vermelhas, e outros amarelas.
Vimos uma grande multidão ajoelhada, que entendemos tratarem-se dos eleitos de DEUS. Alguns cantavam, outros rezavam. Seus rostos transmitiam uma imensa Paz; eles pareciam pessoas muito felizes, pessoas que possuíam tudo... que possuíam a Paz. Não eram nem gordos nem magros, e sim como pessoas normais. Ninguém era velho, eram todos jovens, aparentando ter de 18 a 20 anos aproximadamente. Suas vestes eram brancas, cinza, vermelhas e amarelas.
Não vimos a DEUS Pai e nem Jesus no Céu, mas sim uma ‘claridade inacessível’, na qual não podíamos distingüir quem lá estava. Eu cheguei a reconhecer algumas pessoas, outras, porém, eu nunca havia visto antes.
Vimos também uma grande quantidade de flores, das mais variadas formas e cores, mais parecidas com cristais coloridos atravessados pelo sol. Eram maravilhosas, embora não haja palavras para descrever essa beleza e essas realidades eternas que vimos no Céu. De repente, Nossa Senhora nos disse:

"- Esta é a premiação para aqueles que são justos, bons, obedecem a DEUS e O amam sobre todas as coisas..."

Desapareceu o Céu; então descemos um pouco e paramos diante de uma grande porta escura. Alguém do lado de dentro a abriu. Nossa Senhora então nos mostrou como que uma grande caverna escura, cheia de denso nevoeiro. Não víamos as pessoas lá dentro, mas escutávamos apenas as suas vozes, orações, lamentos e súplicas.
Ouvimos também barulhos de pessoas e coisas chocando-se umas com as outras. Ouvimos também o barulho de chicotadas e correntes. Havia fogo também naquele lugar... um fogo terrível... Nossa Senhora, então, nos disse:

"- Este lugar é o Purgatório, o lugar para onde as almas vão depois da morte, para se purificarem e expiarem suas pequeninas faltas leves que ainda restam, para que possam entrar definitivamente no Céu..."

Disse-nos ainda que devíamos rezar muito por aquelas almas, porque elas sofrem, para que pudessem ser aliviadas e libertas, a fim de que possam voar ao Céu, para a felicidade sem fim.
Ouvíamos aquelas almas pedindo orações... Algumas diziam, em tom de súplica: Missas, Missas; outras diziam: Rosários, outras ainda jejuns, esmolas, enfim, todas pedindo sacrifícios em favor delas.
Nossa Senhora nos recomendou muita oração; que devíamos fazer muitos sacrifícios, a fim de que nós mesmos não fôssemos para aquele lugar após a morte, mas fôssemos direto ao Céu, pois ali, no Purgatório há muito sofrimento.
Um detalhe interessante que vimos no Purgatório: ele se parece com uma caverna de vários níveis. À medida que as almas se purificam, elas sobem mais um pouco naqueles níveis de purificação. Quando as almas saem do último nível, o mais alto, elas se transformam maravilhosamente em anjos de luz e partem para o Céu.
As únicas coisas que podem ajudar aquelas almas são as nossas orações; as nossas Missas oferecidas em sufrágio das almas do Purgatório, e os nossos sacrifícios. Cada vez que alguém na terra rezava e oferecia Missas ou sacrifícios pelas almas, nós escutávamos, e víamos que elas subiam nos diferentes níveis de purificação. Somente nossas orações podem ajudá-las a se purificarem mais depressa, e chegarem o quanto antes no Céu. As preces delas mesmas são impotentes para ajudá-las, por isso, quanto mais rezarmos por elas, mais as ajudaremos, e mais gratas ainda elas serão a nós, e quando chegarem ao Céu, rogarão por nós sem cessar, para que não precisemos passar "pelo fogo" como elas.
Subitamente, desapareceu o purgatório, e Nossa Senhora tomou-nos pela mão e descemos para um lugar escuro, do qual saía um cheiro horrível. Era difícil ver o que havia lá, porque era muito escuro. De repente, faiscavam raios e podíamos ver o que lá havia. Vimos como que um mar de fogo, e mergulhados neste fogo as almas, e os demônios atormentando-as.
As almas caíam naquele mar de fogo como chuva de granizo. Quando as almas emergiam daquilo que parecia algo como lava, perdiam completamente a aparência humana... assemelhavam-se mais a feras ou bestas, jamais vistos no mundo. Blasfemavam contra DEUS e LHE dirigiam insultos sem cessar.
Os demônios se distinguiam pela sua forma mais horrível que a dos condenados, como de monstros jamais imaginados pelo homem, e também pelo seu tamanho gigantesco, comparáveis a mais do dobro do tamanho das almas condenadas. Eles faziam aquelas almas sofrerem, atormentando-as e blasfemando o tempo todo contra o Senhor.
Vimos como aquele fogo se movia e subia, e as almas girando naquele redemoinho de fogo. De repente, o redemoinho sumia e voltavam a cair naquele mar de fogo como fagulhas nos grandes incêndios, blasfemando e insultando o Senhor.
Nossa Senhora mostrou-nos uma mulher loira muito bonita, que, de repente, transformou-se num monstro, com chifres, cauda, escamas e pêlos por todo o corpo. Nossa Senhora nos disse com muita tristeza que aquela mulher havia sido uma prostituta, que morrera sem pedir perdão a DEUS de sua má vida. Ela recusou a DEUS e SUA Santa LEI até o último instante de sua vida e condenou-se a si mesma, preferindo viver sem DEUS. Os demônios a atormentavam com chicotes, lanças e facas de fogo, cortando os seus membros fora, e devorando-os em seguida. Os membros voltavam a surgir na mulher, e se repetiam os mesmos tormentos sem parar nunca.
A mulher loira gritava de dor quando era atormentada, chorava e blasfemava contra DEUS. E, como ela, eram bilhões naquele terrível estado. Nossa Senhora via tudo com muita tristeza...
Nossa Senhora nos disse que deveríamos fugir do pecado, rezar muito e fazer muitos sacrifícios pelas almas que mais correm perigo de condenação, e pela nossa própria salvação, a fim de que não tenhamos que ir para aquele lugar de tormentos eternos. Os demônios arranhavam aquilo que parecia ser o chão... Ouvimos barulhos de correntes, uivos e gritos por toda a parte. Nossa Senhora então nos disse:

"- Esta é a punição para aqueles que ofendem a DEUS e O desobedecem, preferindo viver sem ELE."

Em meio àqueles tormentos, as almas se voltaram para nós, e começaram a gritar bem alto: para que fugíssemos daquele lugar e que rezássemos, a fim de que fôssemos salvos. O PODER de DEUS as constrangeu a dizerem a Verdade, porque sendo más, não teriam AMOR para nos avisar. Mas, DEUS lhes impôs isso, para que o mundo pudesse saber qual é o fim da vida de pecado... Que o pecado nos leva para o inferno; que a vida sem DEUS e cheia de prazeres acaba com a morte, e nela começa a vida de tormentos que NUNCA MAIS TERÁ FIM...
Que a vida de oração, sacrifício e penitência nos leva para o Céu; que os sofrimentos pacientemente aceitos nesta vida valem a pena, porque nos ajudam a chegar ao Céu. Elas também nos disseram para atendermos às Mensagens de Nossa Senhora, e fazermos tudo o que Ela nos dissesse, a fim de que pudéssemos escapar da condenação.
Nossa Senhora então nos trouxe de volta para a sala em que nos encontrávamos, e partiu muito triste, pedindo-nos que rezássemos muito pela nossa salvação e a dos pecadores do mundo inteiro. As pessoas que estavam na sala não viram nada, nem nos viram subir pelo teto, pois Nossa Senhora deve ter deixado ‘anjos com corpo aéreo’ em nossos lugares, mas podiam ver em nossos rostos abatidos um pouco daquilo que tínhamos presenciado. A vidente A. foi a que ficou mais desfigurada. Nós dois ficamos até um pouco inchados e debilitados. As pessoas presentes ficaram extremamente abaladas com o que contávamos. Logo depois retornamos à oração, com um novo empenho e desejo de ajudar Nossa Senhora na salvação das almas."

Nossa Senhora deu a mão direita para a vidente A., e a esquerda para mim. Começamos a subir e logo chegamos ao Céu.

Nossa Senhora voltou a mostrar o inferno e o Purgatório para Marcos outras vezes. Uma vez no dia 25/10/93, onde Nossa Senhora lhe mostrou como muito mais almas tinham caído no inferno. A mulher loira permanecia lá com os demônios atormentando-a.
O inferno estava mais cheio, e seu fogo era mais vívido ainda. Esta visão ocorreu no Monte das Aparições, à noite, quando Marcos rezava com um grupo de pessoas. A visão foi tão terrível, que ao final dela, Marcos desmaiou e foi levado para casa por algumas pessoas.
Em todas essas ocasiões foi sempre Nossa Senhora a levar Marcos, sem aviso prévio. Ela pediu que essa visão fosse anunciada ao mundo todo por ele, para que as almas saibam que o inferno existe; que DEUS castigará e punirá os maus depois da morte, e premiará os bons que O amam e esperam NELE.
Neste século paganizado onde se nega a existência quer do Céu, quer do purgatório e mais ainda do inferno, Nossa Senhora vem provar mais uma vez que estas realidades eternas existem, e esperam o homem depois da morte, quer ele acredite nelas ou não, e que da morte e do Julgamento de DEUS, ninguém escapará. Somente Ela, a Nossa Mãe, poderá nos ajudar naquele momento terrível, se tivermos levado uma vida de oração, penitência, pureza e empenho em nos santificarmos.
Muitos padres e teólogos negam a existência destas realidades (e nós já vimos isto com os próprios olhos), e levam as almas a perderem todo o respeito, temor e espírito de submissão a DEUS. As almas perdem a certeza do Céu e então relaxam na vida espiritual; perdem a certeza do Purgatório e então levam uma vida medíocre, sem se esforçar para serem melhores; e perdem a certeza do inferno, levando uma vida torpe, devassa, sem leis e cheia dos mais horrendos vícios que se possa imaginar.
E por tudo isso e mais o que vier a acontecer com as almas na eternidade, eles serão muito responsáveis! Nós temos que fazer a nossa parte, transmitindo a Verdade do que nos revelou e falou Nossa Senhora, mesmo que o mundo inteiro se oponha. Muitos sacerdotes até ensinam que o inferno é aqui mesmo, que DEUS jamais iria mandar pessoas para o inferno depois da morte, porque ELE é um DEUS de Misericórdia, libertador, etc. É verdade que DEUS não manda pessoas para o inferno à força; ELE manda aqueles que escolheram livremente o inferno, o pecado, que preferiram a vida de pecado, ao invés DELE e a vida da Graça. DEUS jamais mandará ao inferno uma pessoa que viveu santamente.
O prazo para escolhermos a salvação ou a condenação dura até a hora da nossa morte. Com esta, acaba-se o tempo e cada um receberá segundo as suas obras. É lógico que aqueles que deixarem para se converter na velhice ou próximos da morte, estarão pondo em grande risco de condenação eterna as suas almas, pois, não basta apenas mudar a maneira de pensar ou acreditar, mas é preciso ter méritos, boas obras, muitas orações e um AMOR ardente a DEUS para poderem ir para o Céu. E quem nos pode garantir que conseguiremos fazer em um, dois ou três anos tudo o que não fizemos durante a vida inteira?
Enganam-se também aqueles cristãos que pensam que um simples ato de Fé na hora da morte poderá mudar tudo, pois isso é válido apenas para uma alma que passou a vida toda sem conhecer a DEUS, e só na hora da morte alguém lhe ensinou quem é DEUS ou o Próprio DEUS iluminou a pessoa para conhecer a Verdade. Os cristãos, que desde o batismo foram educados na Fé e na santa religião, e, no entanto, levaram uma vida pior que a dos pagãos, têm maior responsabilidade diante de DEUS e responderão integralmente por seus atos de acordo com o grau de Graças e conhecimento de DEUS com os quais ELE os agraciou. DEUS é Misericordioso, mas é Justo também.
Esta urgência de salvação se agrava agora, nestes tempos em que vivemos, pois Nossa Senhora nos avisa que temos pouco tempo para a nossa conversão, pois em breve virão o Aviso, o Milagre e o Castigo para PURIFICAR a terra dos pecados, e aqueles que não estiverem levando uma vida justa e reta aos olhos de DEUS, não poderão merecer nem o TRIUNFO do Imaculado Coração de Maria, nem a GLÓRIA do Céu.
Serão dados TRÊS AVISOS para o mundo, três grandes chances para que o mundo se converta. O Senhor mostrará a Verdade da SUA existência, da SUA presença; mostrará a FÉ Católica como a única e verdadeira; revelará a importância e a excelência da Eucaristia e da Santíssima Virgem, e todos os demais Dogmas a todos os povos, raças, línguas e nações.
Depois disso, não haverá mais tempo... Aqueles que ainda se converterem, serão perdoados; aqueles que recusarem, não terão chance de apelo. Portanto, devemos meditar seriamente em "como" e "para onde" estamos indo: para o Céu, com DEUS, ou para o inferno, sem ELE? Se morrêssemos agora, para onde iríamos? No estado atual de pecado em que estamos, poderíamos estar certos de nossa salvação? E do mundo, o que dizer?
Portanto, a Visão do Céu, Inferno e Purgatório em Jacareí é um grande Dom de DEUS e da Santíssima Virgem ao mundo. É um apelo Misericordioso para que nós nos acautelemos contra o pecado que já arrastou tantas almas para a condenação, e para que lutemos bravamente com todas as forças pela nossa própria salvação e do maior número possível de almas.
No inferno trama-se todos os dias a nossa condenação, enquanto que no Céu almeja-se a nossa salvação. Cabe-nos decidir o que queremos e para onde iremos. Só há dois caminhos: salvação ou condenação.











Para ler mais Click no Link:
http://www.gloria.tv/?media=245096ttp://www.gloria.tv/?media=245096 

AS APARIÇÕES DE JACAREÍ - VEJAM O RESUMO DA HISTÓRIA, CONHEÇAM O SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ SP BRASIL

 

FILME: AS APARIÇÕES DE JACAREÍ (HISTÓRIA DAS APARIÇÕES) - VOZES DO CÉU 3 - 1ª PARTE



http://gloria.tv/?media=130461

FILME: AS APARIÇÕES DE JACAREÍ (HISTÓRIA DAS APARIÇÕES) - VOZES DO CÉU 3 - 2ª PARTE



http://gloria.tv/?media=130635



http://gloria.tv/?media=176508

19.02.2011-MENSAGEM DE SÃO JOSÉ-ANIVERSÁRIO DO SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ/SP-BRASIL



http://gloria.tv/?media=176089



ROSÁRIO MEDITADO Nº 106

REZEM COM O VIDENTE MARCOS TADEU MEDITANDO AS MENSAGENS DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ.

http://gloria.tv/?media=236192